Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

About Last Night

She used words to say nothing at all and silence to explain everything.

About Last Night

She used words to say nothing at all and silence to explain everything.

words | 9

Ontem, quando abriste o coração e falaste sem receios nem pudores, quando foste sincera sem te importares com a opinião de quem te ouvisse, fiquei, pela primeira vez, sem saber o que dizer. Normalmente ofereço-te palavras de ânimo e incentivo, na tentativa de não te desviares do caminho que estamos, todos, a construir individualmente mas juntos. Um caminho que, ingenuamente talvez, sempre pensei que fosse feito com base numa enorme vontade, num enorme desejo, na descoberta do que realmente nos move a cada um. Mas parece que contigo não é assim e só ontem é que percebi. Ontem disseste tudo o que até então não te tinhas atrevido. E eu não soube o que responder.

 

Se por um lado foi bom ver-te de olhos a brilhar e com a força e paixão que só se tem quando realmente se gosta, por outro foi triste descobrir que essa possibilidade te foi tirada. Que essa é uma viagem atribulada e que, por agora, não tens meio de a realizar... E então foi por isso que nos conhecemos, unidas por histórias e motivações tão diferentes, com formas de ver e abraçar esta realidade tão distintas. O percurso será, certamente, também ele outro e ontem fiquei sem certezas se chegarás sequer a concluir o teu. Mas o que posso dizer? Não desistas. Continua a tentar, continua a partilhar, continua a absorver. Quem sabe se o teu rumo e o rumo que te foi imposto não se cruzam e o futuro é muito melhor do que hoje te parece? Não desistas. Não até ser absolutamente necessário. Porque desistir também nem sempre é fraqueza, pelo contrário, requer coragem para começar tudo de novo.

 

3 comentários

Comentar post